sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Um olhar

Um olhar

Aquele olhar repentino me focou,
um olhar matreiro que me fez pensar.
Não fora a primeira vez que assim me olhou,
pensando algo que anseio alcançar.

Aqueles olhos brilhantes me fascinam
como o imenso azul do céu e do mar.
Não sei se algo predestinam
ou se pretendem apenas acalmar

Um olhar interessante, um sorriso intrigante.
Mesclam-se e tornam-se num mistério
que estranhamente se torna possante.

Pode-se tornar num assunto sério
ou simplesmente evaporar-se num rápido instante
passando para um plano etéreo.

3 pecado(s):

Joana disse...

Um olhar...
Por vezes tantos são perdidos...
Por vezes tantos são pedidos...

A intensidade de um olhar.... que marca... e leva algo... que fica no nosso olhar.

Um olhar acompanhado de um sorriso... penso que nada mais belo numa pessoa (exceptuando a alma).

Surpreendida :)

Até já!**

Eva disse...

Bate o tempo no relógio, ninguem o pára.
Pergunto: será tarde?
Nunca é tarde...
... ou é tarde demais.
O tempo correu,
o momento passou.
E agora, é tarde?

Tempo...
Parabéns, beijo *

(lequinhas)

Anónimo disse...

O olhar... Haverá algo mais autêntico que o olhar??

Eles são "o espelho da alma"...

Brilham quando a felicidade nos enche o espírito...

Largam lágrimas de tristeza quando algo nos escurece a essência do que somos...

Dizem aos outros o que sentimos por eles, transmitindo ternura, carinho, amor, amizade e tantos outros sentimentos, nem todos eles tão puros e felizes!

O olhar, quando verdadeiro, mostra-nos por dentro, e deixa que os outros cheguem a onde as nossas palavras não querem que eles vão!

Neste momento, ao ler estes textos que tu escreveste, o meu olhar sorri de contentamento... Os bons pensamentos atraem bons olhares!

Beijinho...

Rita Green Shoes =)