segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

O ponto mais frágil

O ponto mais frágil
O pensamento sempre mais ágil
Lembrando feições de um rosto
Linda mulher, face em que nada foi posto.

É ela que me aparece no pensamento
É por causa dela que fico atento
E isolo tudo o que me envolve
E provoco uma situação que não se resolve.

Curioso mas não sei o que sinto
Curioso mas sei que não minto
Não sei se gosto dela
Pode ser apenas um fascínio por ela.

Na verdade houve outras ocasiões
Em que na verdade as suas belas expressões
Me puseram à deriva e essas raras belezas
Revelaram em mim tremendas fraquezas.

Não sei se será apenas uma mísera fraqueza
Ou se será o fascínio pela mulher e pela beleza...

Desejo de amar apaixonadamente

Ou

Apenas uma obcecada obsessão ?

1 pecado(s):

Maria disse...

Promessa Cumprida!

É na simplicidade da escrita, no jogo das palavras e na docura que transmitem que adorei este "pecado"

Beijos,
Maria